• Heinrich Dewald Paraschin

Necessidades Nutricionais dos Coelhos


Necessidades energéticas


A energia necessária para o organismo é geralmente fornecida pelos glicídios e lipídios, bem como pela proteína da dieta

As exigências mais baixas correspondem às rações para coelhas não prenhas e reprodutores, enquanto que coelhas prenhas ou em lactação e láparos há exigências mais elevadas.

Os coelhos auto regulam-se voluntariamente para a ingestão do alimento, ou seja, consomem diariamente a quantidade de ração que precisam para atender às suas necessidades energéticas.


Necessidades proteicas


Muito mais importante que determinadas porcentagens de proteína bruta é a qualidade desta proteína na ração.

Há cerca de dez aminoácidos essenciais para o coelho, principalmente na fase de crescimento, entre eles, a metionina, a lisina, a cistina e a arginina.

Portanto, para se alcançar bons índices de crescimento, as rações para láparos devem conter uma quantidade suficiente e equilibrada de certos aminoácidos que ele não sintetiza e que são essenciais às suas funções fisiológicas.

Necessidades de fibra bruta

O coelho é um animal que aproveita a fibra bruta dos alimentos menos do que os equinos e, consequentemente, muito pior do que os ruminantes.

Apesar disso, é indispensável que a ração contenha uma quantidade alta de fibra bruta para que seu aparelho digestivo funcione normalmente porque esta matéria facilita a progressão dos alimentos no tubo digestivo.

Necessidades de minerais


As necessidades do coelho em minerais são bem altas, principalmente para os láparos e coelhas em lactação.


Necessidades vitamínicas

Os coelhos adultos sintetizam em seu intestino como conseqüência das fermentações microbianas, vitamina C e várias vitaminas do complexo B, as quais ele aproveita para atender as suas necessidades através do mecanismo da cecotrofia.

No entanto, o mesmo não ocorre com os láparos, que dependem do aporte de vitaminas das rações balanceadas. Essa ração deve fornecer as vitaminas lipossolúveis (A, D e E), independente da idade, e também proporcionar estas substâncias em quantidade suficiente para evitar estados de carência que alterem a saúde dos animais.


Necessidades de água


A água deverá ser potável e abundante. Nas criações do tipo industrial, as gaiolas devem ter bebedouros automáticos com reserva suficiente para no mínimo 3 dias.

A necessidade da água é estimada em aproximadamente dois litros por quilo de matéria seca, ou seja, um animal que consome 100 gramas de ração por dia beberá em média 20 ml de água.


21 visualizações

Estrada Turística da Angolana Nº 257

São Roque/SP  CEP 18130-970

Tel. 11 9.4233-2001

Siga-me

  • HEINRICH DEWALD PARASCHIN
  • HEINRICH DEWALD PARASCHIN
  • HEINRICH DEWALD PARASCHIN

©2018 - Heinrich Dewald Paraschin.

Comuni4